Português (Brasil)

CEARÁ: Repressão aos trabalhadores do DETRAN

CEARÁ: Repressão aos trabalhadores do DETRAN

Esse caminho implementado pelo governo estadual do PT estende um tapete para a extrema direita, pois ataca a base social que pode garantir sua defesa e sustentar reformas estruturais para um dos estados mais pobres do Brasil.

Compartilhe este conteúdo:

Na manhã do dia 22, servidores em greve do Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran/CE), em frente à Arena Castelão, foram reprimidos pelo Batalhão de Choque da Polícia Militar. Os policiais utilizaram spray de pimenta contra os participantes, um dos grevistas detido.

O protesto era contra a contratação temporária de vistoriadores para atuarem na fiscalização dos veículos, em substituição aos fiscais do Detran. Segundo Gabriela MacDowell, coordenadora geral do Sindetran-CE, as vistorias realizadas nos carros são "ilegais". A resolução nº 941, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), obriga que a vistoria de veículos novos deve ser publicizada e realizada em local apropriado.

Assim,  publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia são proibidas. Portanto, a mobilização era justa, legítima e na defesa da legalidade.

Porém, o governo Elmano Freitas não pensa dessa maneira. Não negocia, não respeita a data base de reajuste salarial (em janeiro) e não repõe as perdas salariais. O objetivo do governo estadual é quebrar a greve iniciada desde 3 de abril, seja com terceirizados irregulares ou com a polícia.

O batalhão de choque foi extremamente truculento. Lançou spray de pimenta para que os manifestantes saíssem do local. Os trabalhadores do Detran resistiram corajosamente com braços dados e enfileirados, recebendo jatos de spray no rosto. Uma trabalhadora, mesmo deitada no chão, recebeu, de maneira covarde, spray de pimenta no rosto. 

Será essa a tendência do governo petista de Elmano, reprimir servidores públicos que o elegeram?

Exigir, como os patrões, que só negocia se os trabalhadores abandonarem o direito de greve?

Mas, por que os trabalhadores do Detran/CE estão em greve?

Quem encerrou a mesa de negociação?

Quem deu uma reposição salarial abaixo da inflação e sem ser retroativa a janeiro de 2024?

Quem afirmou que em 2025 o reajuste será 0% (ZERO) para os servidores estaduais?

Esse caminho implementado pelo governo estadual do PT estende um tapete para a extrema direita, pois ataca a base social que pode garantir sua defesa e sustentar reformas estruturais para um dos estados mais pobres do Brasil.

Nenhuma repressão aos movimentos grevistas!

Atendimento às reivindicações dos servidores estaduais!

Que o governo Elmano rompa com as oligarquias e coloque-se ao lado dos trabalhadores cearenses!

Compartilhe este conteúdo:
 secretaria@partidocomunista.org
Junte-se a nós!