Português (Brasil)

Hezbollah entre as cinco maiores superpotências mundiais de foguetes, diz ex-conselheiro militar israelense

Hezbollah entre as cinco maiores superpotências mundiais de foguetes, diz ex-conselheiro militar israelense

Em meio ao aumento das tensões ao longo da fronteira entre o Líbano e os territórios ocupados por Israel em 1948, um ex-oficial militar israelense descreveu o movimento de resistência libanês Hezbollah como uma das cinco principais superpotências em termos do número de foguetes que possui.

Compartilhe este conteúdo:

Nesta foto de arquivo, combatentes do movimento de resistência libanês Hezbollah montam um veículo carregando um míssil Fajr 5 durante o desfile anual na cidade de Nabatiyeh, no sul do Líbano. (Foto AFP)

Ram Aminach, general de brigada aposentado, que atuou como conselheiro financeiro do exército israelense, observou que "o público israelense não entende a extensão das ameaças do Hezbollah, pois tem um grande estoque de foguetes e é considerado uma das cinco superpotências, ao lado dos Estados Unidos, China, Rússia e Alemanha".

Aminach sublinhou que Israel não pode enfrentar o Hezbollah sem enfrentar todo o Líbano.

As declarações ocorrem no momento em que o Hezbollah e Israel trocam tiros mortais desde o início de outubro do ano passado, pouco depois de o regime lançar uma agressão genocida contra a Faixa de Gaza após uma operação surpresa do grupo de resistência palestino Hamas.

O Hezbollah prometeu manter seus ataques de retaliação enquanto o regime de Tel Aviv continuar sua guerra em Gaza, que até agora matou pelo menos 37.834 palestinos, a maioria mulheres e crianças, e feriu outros 86.858.

Autoridades do Hezbollah disseram repetidamente que não querem uma guerra com Israel, mas se isso acontecer estão prontos.

O grão-xiita libanês Sheikh Ahmad Qabalan disse que o Hezbollah tem um enorme arsenal de mísseis de diferentes tipos, alertando que o movimento de resistência dispararia até meio milhão de mísseis em direção aos territórios ocupados por Israel em caso de uma nova guerra no Líbano.

"No caso de uma guerra aberta entre o Líbano e Israel, este último deve esperar o lançamento de cerca de 500 mil mísseis [do sul do Líbano para as terras ocupadas]. O poder destrutivo desses mísseis pode enviar o regime de ocupação de volta a 70 anos atrás", observou Qabalan.

Original: https://www.presstv.ir/Detail/2024/06/30/728428/Former-Israeli-military-advisor--Hezbollah-among-world’s-five-rocket-superpowers-

Compartilhe este conteúdo:
 secretaria@partidocomunista.org
Junte-se a nós!