Português (Brasil)

Com Lula, contra os entreguistas

Com Lula, contra os entreguistas

Compartilhe este conteúdo:

Os representantes do imperialismo e da grande burguesia interna não cansam de atacar Lula. Agora, as grandes empresas de comunicação (Rede Globo, Estadão, Folha de São Paulo) atacam o Presidente Lula em razão da retomada das obras da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. Uma obra importante para a economia nacional e para uma possível retomada da reindustrialização do Brasil, também fortalece as fileiras da classe operária.


Mas, é óbvio que o imperialismo estadunidense não quer isso, pois precisa destruir as forças produtivas do Brasil para concentrar mais riquezas e sair da crise. Então aciona os entreguistas das riquezas brasileiras, os grandes meios de comunicação, para orquestrarem uma campanha de cerco ao governo Lula.


Os EUA já estão com raiva do governo Lula, que não é obediente às suas orientações internacionais. O Brasil não está apoiando o genocídio palestino pelo Estado colonial de Israel nem está enviando armas para o governo neonazista da Ucrânia. Além disso, está tendo um protagonismo nos BRICs e mantém boas relações com a China. E o mais importante, apesar de suas contradições, o governo Lula não quer matar o povo de fome, como quer fazer Milei na Argentina e tentou fazer Bolsonaro no Brasil.


Só quem pode defender o governo Lula contra os imperialistas e os entreguistas são os trabalhadores. As direções dos partidos de esquerda, das centrais sindicais e movimentos populares precisam construir uma campanha nacional em defesa da reestatização de todas as empresas entregues ao capital privado, principalmente estrangeiro, desde a época de FHC nas áreas de energia elétrica, telefonia, água e esgoto, transportes entre outras. Esse é o caminho. 


Sem luta não há vitória!

Compartilhe este conteúdo:
 secretaria@partidocomunista.org
Junte-se a nós!